III Mostra Sururu de Cinema Alagoano (2012)

JÚRI:

Camilo Cavalcante (cineasta pernambucano), Jaime Lerner (diretor de fotografia e presidente da ABD&C), Antonio Leal (o produtor carioca e vice-presidente do Fórum dos Festivais), e por Marco Aurélio Lopes Fialho (Assessor Técnico em Cinema do Departamento Nacional do SESC)

  

FILMES SELECIONADOS:

Memórias de uma Saga Caeté, de Pedro da Rocha

Borboletas Delicadas, de Wladymir Lima

Fênix, de Anderson Barbosa e Pablo Casado

Todavia, de Alice Jardim

Interiores ou 400 Anos de Solidão, de Werner Salles Bagetti

12:40, de Dário Junior

Um Filme que Passou em Minha Vida, de Lucciana Fonseca

Farpa, de Henrique Oliveira

Do Barro à Louça, de Alice Jardim

Um Mal Chamado Arte, de Mario Zeymison

Exu – Além do Bem e do Mal, de Werner Salles Bagetti

A Banca, de Aloísio Leahy

Sobre Relógios, Sonhos e Liberdade, de Ailton da Costa

Barro do Muquém, de Alice Jardim

O que Lembro, Tenho, de Rafhael Barbosa

 Rainha, de Direção Coletiva

PREMIADOS:

Menção Honrosa: Todavia, de Alice Jardim

Melhor curta-metragem de ficção: O que Lembro, Tenho, de Rafhael Barbosa

Melhor curta-metragem documentário: Interiores ou 400 Anos de Solidão, de Werner Salles Bagetti

Melhor direção: Rafhael Barbosa, por O que Lembro, Tenho

Melhor roteiro: Rafhael Barbosa, por O que Lembro, Tenho

Melhor montagem: Werner Salles Bagetti, por : Interiores ou 400 Anos de Solidão

Melhor fotografia: Michel Rios, por Exu – Além do Bem e do Mal

Melhor som: Pedro Octávio Brandão, por O que Lembro, Tenho

Melhor trilha sonora: Nando Magalhães, por O que Lembr, Tenho

Melhor direção de arte: Gabriela Miranda, por Farpa

Melhor ator: Julien Costa, por Farpa

Melhor atriz: Anita das Neves, por O que Lembro, Tenho

out 27, 2014 | Posted by | Comentários desativados
Premium Wordpress Themes by UFO Themes